Ir para conteúdo principal
conteúdo do menu
Conteúdo Principal
29/03/2023 Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária

Secretaria de Agricultura orienta sobre critérios para escolha de pescados

COMPARTILHAR NOTÍCIA

A Sexta-feira Santa é um dos feriados católicos mais importantes do país. Além da importância religiosa, é uma época em que há o aumento do consumo de refeições à base de pescados, devido à tradição de se evitar o consumo de carne vermelha e de frango.

Em virtude disso, Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária, por meio do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) de Garibaldi, orienta sobre o que deve ser observado na hora da escolha do peixe. “Este produto de origem animal requer muita atenção, principalmente na forma de conservação, para manter a qualidade e segurança do produto”, destaca a profissional a médica veterinária do SIM, Camile Milan.

É necessário que sejam verifcados diversos fatores como a cor, cheiro, textura e temperatura em que se encontram esses pescados, pelo fato deles estragarem com facilidade, se conservados/armazenados incorretamente.

Confira quais critérios devem ser adotados na hora da compra:

 

Peixe fresco

- Conservado em temperatura máxima próxima de 0º C

- Com pele brilhante e de tonalidade viva

- Sem viscosidade ou muco

- Com escamas firmes e bem aderidas aos pescados

- De olhos ocupando toda a órbita, brilhantes e salientes

- De carne física e elástica, não deixando impressão duradoura à pressão dos dedos

- Com odor suave

 

Peixe congelado

- Conservado em temperatura máxima próxima de -18º C

Na embalagem deve constar:

- Origem do produto

- Temperatura em que deve ser conservado para que seja consumido em segurança

- Prazo de validade

- Empresa produtora

- Selo inspeção

 

Bacalhau

- Deve ter a superfície seca

- Não pode ser pegajoso

- Não pode apresentar limosidade e bolor

- O bacalhau verdadeiro se desfaz em lascas

 

O verdadeiro bacalhau é o Gadus Morhua, também chamado de porto, porém, alguns estabelecimentos comercializam ao Gadus Macrocephalus que é semelhante. As demais espécies comercializadas como ling, zarbo ou saith, não são consideradas como bacalhau.

 

Fotos: Reprodução/ Internet

Conteúdo Rodapé