Prefeitura Municipal de Garibaldi

Município de Garibaldi
inicial / secretarias e Órgãos / turismo e cultura

Turismo e Cultura

Turismo e Cultura
Turismo e Cultura

Secretário de Turismo e Cultura: Paulo Salvi

As principais funções da Secretaria de Turismo e Cultura são:

Promover o desenvolvimento sustentável do turismo do Município através de seus variados aspectos turísticos;

Preservar, valorizar e desenvolver os recursos e ações tendentes aos aspectos turísticos, assim como explorar o seu potencial, visando sempre o melhor alcance;

Planejar, coordenar e executar programas, eventos e atividades, apoiar as iniciativas da comunidade, voltadas às atividades turísticas e culturais;

Divulgar o Município em âmbito regional, estadual, nacional e internacional, promovendo os valores e as potencialidades do Município.

Informações gerais:

Endereço: Júlio de Castilhos, 254
Telefone: (54) 3462-8235
Email: turismo@garibaldi.rs.gov.br
Horário de atendimento ao público: 8h - 11h30min | 13h30min - 17h

Centro de Atendimento ao Turista - CAT
Endereço: RSC 470, entrada para o Parque da Fenachamp
Telefone: (54) 3464-0796
Horário de atendimento: Diariamente das 9h às 16h

Turismo e Cultura: Última notícia

19/10/2018

Don Laurindo recebe a 22ª edição da Confraria do Espumante

Don Laurindo recebe a 22ª edição da Confraria do Espumante
Don Laurindo recebe a 22ª edição da Confraria do Espumante

A Confraria do Espumante de Garibaldi se consolida como uma grande iniciativa para entender mais sobre a bebida símbolo do Município. Em sua 22ª edição, a Vinícola Don Laurindo sediou o evento que ocorreu ontem à noite, 18 de outubro.

A apresentação da vinícola foi realizada pelo proprietário e enólogo há 41 anos, Ademir Brandelli e seus dois filhos. Em 1991, a Don Laurindo foi criada. Os vinhos e espumantes são de vinhedos próprios, que somam 15 hectares em formato espaldeira simples. A propriedade está no lote número 1 da Garibaldina e Brandelli foi o pioneiro ao elaborar o primeiro vinho tannat do Brasil. “Para se produzir um bom vinho/espumante, a base sempre é a qualidade da uva”, resumiu. 

Seus produtos podem ser encontrados em restaurantes, casas especializadas de vinhos e na própria vinícola. São produzidas 120 mil garrafas ao ano. A visita dos confrades passou pela rotulagem, engarrafamento e a cave. Os espumantes degustados foram harmonizados com produtos coloniais. Os produtos servidos foram: Nature, Brut, Brut Rosé e Moscatel. Também foram servidos vinhos da casa.

A Confraria do Espumante foi idealizada em 2013. Todas as vinícolas da Rota dos Espumantes são contempladas com a iniciativa, que é aberta para homens e mulheres com mais de 18 anos. O investimento por participante é de R$15,00, revertidos às vinícolas.

veja a notícia com fotos e downloads