Prefeitura Municipal de Garibaldi

Município de Garibaldi
inicial / secretarias e Órgãos / planejamento, indústria e comércio

Planejamento, Indústria e Comércio

Planejamento, Indústria e Comércio
Planejamento, Indústria e Comércio

Secretário: Paulo Salvi

As principais funções da Secretaria Municipal de Planejamento, Indústria e Comércio são:

Prestar assessoria aos demais órgãos da Administração, no tocante a técnicas de planejamento, controle e organização de métodos;

Realizar estudos e pesquisas para melhor resultado produtivo das atividades do governo municipal;

Promover a permanente atualização do Plano Diretor do Município;

Acompanhar e controlar a execução de planos de trabalhos da Administração Municipal, apurando custos de serviços e demonstrando estatísticas de resultados;

Fiscalizar o cumprimento de normas atinentes à estética urbana, orientando loteamentos e zoneamentos, bem como manter atualizado o sistema estatístico econômico-social, de equipamentos urbanos e de infra-estrutura;

Proceder a aprovação e fiscalização de quaisquer obras de construção civil, executadas no Município;

Organizar e manter atualizado o cadastro técnico da zona urbana, bem como o mapa rodoviário do Município;

Desenvolver políticas de ações que visem o apoio aos programas de iniciativas do setor privado, buscando envolver todas as atividades do Município;

Realizar a promoção dos motivos sócio econômicos do Município;

Orientar e incentivar a formação de associações, cooperativas e outras modalidades de organizações associativas, com vistas ao incremento e valorização das atividades industriais e comerciais;

Tomar iniciativa de articulação com os órgãos de âmbito governamental, em apoio à iniciativa privada, buscando aproveitamento de incentivos e recursos para o desenvolvimento econômico e social do Município;

Articular, com os órgãos competentes do Estado e da União, programas que visem a melhoria, ampliação ou implantação de infra-estrutura para energia elétrica, comunicação, informática e outros meios necessários ao desenvolvimento integrado do Município;

Liberação para colocação de faixas e controle dos espaços;

A Secretaria também está trabalhando na revisão permanente do Plano Diretor do Município, através de uma comissão responsável por esse estudo.

Informações gerais:

Endereço: Júlio de Castilhos, 254
Telefone: (54) 3462-8259
Email: planejamento@garibaldi.rs.gov.br
Horário de atendimento ao público: 8h - 11h30min | 13h30min - 17h

Planejamento, Indústria e Comércio: Última notícia

17/08/2017

Informação é a principal arma contra a dependência química nas empresa

Informação é a principal arma contra a dependência química nas empresa
Informação é a principal arma contra a dependência química nas empresa

O delegado de Polícia de Garibaldi, Clóvis Vaner Rodrigues de Souza, afirmou que é incalculável o prejuízo que a dependência química leva às empresas. Segundo ele, a informação e a realização de ações podem ser decisivos para que se evite acidentes e o afastamento do serviço. Ele participou na manhã de quarta-feira, 16 de agosto, do Bom Dia Associado CIC, na sede da entidade.

“Realizar uma campanha interna com informações simples e de fácil compreensão é fundamental para dar um primeiro passo no caminho do auxílio aos funcionários dependentes”, salientou. Para o delegado é importante a empresa conseguir identificar os funcionários que necessitem de ajuda, tanto pelo uso de drogas ilícitas, como pela dependência de álcool ou cigarro.

A presidente da CIC, Alexandra Nicolini Brufatto disse que a entidade criou um departamento com a participação de representantes de profissionais da área de Recursos Humanos de diversas empresas associadas e que o assunto será levado para o conhecimento e discussão do grupo. Durante o Bom Dia Associado CIC, a entidade também apresentou as novas empresas filiadas.

Souza elogiou a estrutura de Garibaldi para o atendimento aos dependentes químicos, que possui uma equipe multidisciplinar especializada para a prevenção e auxílio sem custos para dependentes e familiares. “É importante esse olhar para a família, já que muitas vezes os pais, por exemplo, também precisam se afastar do trabalho para cuidar de seus filhos. Por isso é fundamental a atenção das empresas, já que este assunto tem impactado diretamente nos seus resultados”.

O delegado também salientou que a drogadição é uma porta aberta para a violência e esta questão não deve ser tratada somente pelos órgãos de segurança pública.  Segundo ele, toda a comunidade deve envolver-se nos debates para encontrar soluções conjuntas, principalmente na identificação da origem destes problemas.

Estiveram presentes, o prefeito Antonio Cettolin, o vice-prefeito e secretário da Administração e Fazenda, Antonio Fachinelli e o secretário de Planejamento, Indústria e Comércio, Turismo e Cultura, Paulo Salvi.

veja a notícia com fotos e downloads