Prefeitura Municipal de Garibaldi

Município de Garibaldi

Prefeito Antonio Cettolin

Prefeito Antonio Cettolin
Prefeito Antonio Cettolin

Nome: Antonio Cettolin
Data de nascimento: 19/11/1959
Filiação: Faustino Cettolin e Zenaide Fior Cettolin
Cidade natal: Garibaldi
Onde reside: Bairro Guarani
Casado: Com Regina Guimarães Cettolin
Filhos: Diego, Diogo e Douglas
Formação: Técnico Agrícola e superior incompleto em Administração de Empresas na Fisul
Partido: PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro)
Religião: Católica
Profissão: Técnico Agrícola e empresário
Cargo político: Prefeito

Prefeito Antonio Cettolin: Última notícia

16/10/2017

Rotatória da Telasul é totalmente liberada ao trânsito

Rotatória da Telasul é totalmente liberada ao trânsito
Rotatória da Telasul é totalmente liberada ao trânsito

A rotatória na intersecção da BR-470 com a RSC-453, entre Bento Gonçalves e Garibaldi, conhecido como o Trevo da Telasul já está liberado totalmente para o trânsito desde a manhã de quarta-feira, 11 de outubro. A informação foi recebida pelo deputado estadual, Ronaldo Santini, através do superintendência Regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

De acordo com Santini, a obra é a primeira grande conquista pós federalização da BR-470. O parlamentar teve importante participação para a concretização da obra. “A conclusão das obras do Trevo da Telasul é uma reivindicação da CIC Garibaldi, apoiada pela CICS Serra e pela Amesne que contou com o nosso apoio. Quando lutamos em torno de uma causa que move toda uma comunidade conseguimos dar sentido ao nosso mandato e a boa política”, salientou.

Pelo local circulam aproximadamente 22 mil veículos por dia, sendo que o trecho ficou marcado pela grande quantidade de acidentes e de vítimas fatais. A CIC reivindicava há muito tempo uma intervenção para amenizar as dificuldades de tráfego e oferecer mais segurança aos usuários da via. A união com as demais entidades empresariais da região, através da CICS Serra, e com as prefeituras, por meio da Amesne, impulsionou o movimento que cobrava investimentos no local.

A presidente da CIC, Alexandra Nicolini Brufatto, diz que este momento representa anos de lutas, muitas reuniões e esforço da CIC, desde antes da federalização. “Muitas vezes ouvimos que uma intervenção no Trevo da Telasul nunca deixaria de ser um sonho. Agora realizado, eu não poderia deixar de citar agradecer a todos que se envolveram de corpo e alma para sua realização”, enfatizou.

As obras iniciaram há quase um ano em meio e custou cerca de R$ 7 milhões. A partir de agora, condutores seguem de Farroupilha em direção a Garibaldi, por exemplo, não vão mais precisar cruzar duas pistas ao mesmo tempo, o que que era apontado como o principal motivo para a grande quantidade acidentes.

Para o prefeito de Garibaldi e presidente da Associação dos Municípios da Encosta Superiora do Nordeste (Amesne), Antonio Cettolin, esta obra representa o sucesso da parceria entre os poderes públicos e a iniciativa privada de diversas cidades. “Além da repercussão econômica, já que vai representar um acréscimo significativo na infraestrutura da região, é fundamental destacar a importância humana deste investimento, já que irá significar a diminuição de acidentes e, principalmente, de mortes que o antigo trevo acabava provocando”.

O ex-presidente da CIC, César Ongaratto, diz que a reformulação do Trevo da Telasul, diante da sua importância para a serra gaúcha, sempre foi pauta das reuniões da CIC de Garibaldi enquanto esteve na presidência da entidade. “Ver essa obra finalizada, depois de tanto esforço, é a prova viva de que a união, das entidades empresariais e do poder público, é o caminho certo a ser trilhado para que possamos retomar o crescimento econômico da região. Ouso afirmar que, se essa obra salvar apenas uma vida, tudo terá valido a pena”, afirmou.

Já para o presidente da CICS Serra, Edson Morello, o investimento irá trazer muitos benefícios, tanto para as cidades no seu entorno como para todos que circulam por estas importantes artérias rodoviárias da Serra. “Ainda não é a solução definitiva. Continuaremos a trabalhar para a implantação de um viaduto no local. É preciso reconhecer o trabalho da CICS Serra e da Amesne, que não baixarão a guarda enquanto não alcançarem mais esta conquista, assim como ao deputado Santini, que está nos acompanhando fortemente nas nossas lutas, e dos profissionais do DNIT, que também foram fundamentais nesta obra”.

"Com a federalização da RSC 470 e a construção da Rótula na intercessão da RS 453, inaugura-se também a certeza pela retomada do desenvolvimento econômico e do crescimento do Setor Produtivo da nossa região, com benefícios a tua a sociedade", complementou o e x-p residente da CICS Serra, Ademar Petry.

Fonte: CIC Garibaldi

veja a notícia com fotos e downloads