Prefeitura Municipal de Garibaldi

Município de Garibaldi
inicial / informações / notícias

Notícias

23/04/2013

Lançado projeto Garibaldi: município leitor


Lançado projeto Garibaldi: município leitor

Garibaldi busca através do incentivo a leitura, gerar conhecimento e crescimento

Pensando em uma política de leitura para ser desenvolvida nos próximos quatro anos da Administração Municipal, a Secretaria de Educação lançou na manhã desta terça-feira, 23 de abril, o projeto Garibaldi: município leitor. Na oportunidade estiverem presentes autoridades, diretores de escolas, representantes de entidades e alunos.

O projeto surgiu com base em um dado curioso e surpreendente: 60% da população brasileira é analfabeta funcional, ou seja, lê, mas não compreende nem interpreta o que lê. Por isso, os garibaldenses estão sendo convidados para fazer sua parte e contribuir para que esse índice baixe gradativamente e consequentemente melhore os indicadores educacionais do município.

Em seu pronunciamento, a Secretária de Educação Simone Cristina Rosanelli Chies, falou sobre as motivações que levaram a criação deste projeto. “Através destes dados apresentados, percebemos que era preciso fazer algo para incentivar a leitura. Escolhemos o dia 23 de abril, por ser o dia mundial do livro. Certamente faremos a diferença e mudaremos essa estatística” afirmou Simone. Lembrou ainda, que durante todo o dia de hoje, a Biblioteca Pública Frei Miguel, estará realizando o Troca-Troca Literário. Ao final de sua fala, realizou a entrega de um livro e um adesivo ao Prefeito Antonio Cettolin.

Por sua vez, o Prefeito Antonio Cettolin, ressaltou que o projeto, visa promover a cultura e a inteligência do povo garibaldense, buscando através das letras o conhecimento. “É um desafio sadio! Através da leitura podemos crescer e ganhamos conhecimento. É tendo criatividade que o município se desenvolve, por isso finalizo dizendo que tenho Orgulho de Viver Aqui!” ressaltou o Prefeito.

Em seguida, o Prefeito e a Secretária realizaram a entrega de adesivos à entidades e escolas, para ser colocado nos automóveis, a fim de demonstrarem a união em prol deste projeto.

Para finalizar o lançamento, o grupo Vivandeiros da Alegria apresentou a esquete teatral Leitura é o Melhor Remédio.

Unindo forças
Para fortalecer e aumentar a abrangência, foram convidadas a se somarem a esse projeto, escolas municipais, estaduais e particulares, a Faculdade Fisul, o Fraterno Auxilio Cristão do Glória e do São Francisco, Centro Social e Cultural São José, CIC e APEME. O objetivo é que suas instituições desenvolvam atividades que fomentem a leitura entre seus alunos e colaboradores.

Também esteve presente ao evento, integrantes da Associação dos Amigos da Biblioteca Frei Miguel (AFREMI), que reativou suas atividades neste ano, depois de 10 anos inativa.

Fotos